「0.1」 Mamãe?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

「0.1」 Mamãe?

Mensagem por Drako em Seg Jul 21, 2014 3:08 pm


[Yako] - Onii-chan, onde tá a mamãe? - A menininha de cabelos castanhos puxou a barra da camiseta de Laurencin, buscando a atenção do mesmo.

O rapaz já estava rodando a região oeste de Lumiose há algum tempo, e até agora nada. Talvez se ele fosse na polícia encontraria respostas? Bem, era uma possibilidade. Mas a jovem Yako havia lhe falado que tinha se perdido da mamãe em um lugar próximo, então ele estava no caminho certo. Era só achar as pistas evidentes e partir para o encontro da mulher. O ambiente era cheio de restaurantes, cafés e butiques. Havia até mesmo um salão para tosa pokémon! As áreas residenciais eram mais cheias de praças com árvores e muita ventilação, tornando o local agradável para se viver.

[Yako] - Onii-chan, to com fome!

E assim, o johtoniano começou a guiar a pequenina para um café mais próximo. Talvez pagasse um sanduíche para a menina, dependendo do quão cara o resto da comida fosse. Estava relaxado, não pensaria muito em como fazer as coisas, apenas as faria quando o momento certo chegasse. E foi em um desses devaneios que não percebeu que a menina havia saído correndo.

[Yako] - Mamãe!?

A jovenzinha correu na direção de uma moça de cabelos arroxeados. E tamanha foi a decepção ao perceber que aquela não era sua mãe, e sim uma treinadora perdida (Erin), que não soube como reagir diante daquela situação. Yako começou a chorar, é claro.
avatar
Drako
Dark Knight
Dark Knight

Masculino Idade : 23
Mensagens : 317
Data de inscrição : 05/12/2010
Localização : Castle.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 「0.1」 Mamãe?

Mensagem por Istyar em Dom Jul 27, 2014 5:13 pm

Erin estava perdida. Muito embora isso acontecesse com frequência, afinal a garota nunca havia saído de Cherrygrove antes, nunca se abalava muito com esse fato. Estava livre e feliz, e ficar perdida era só um jeito novo de conhecer novas pessoas e explorar novas cidades. Andava observando tudo e todos, interessada até mesmo nas coisas mais triviais. Tentaria conversar com alguém, se sua educação não fosse melhor que simplesmente chegar na pessoa e bater um papo.

Mas no fim, não precisou fazer nada. Alguém veio em sua direção correndo, e mal se virara pra ver quem era, percebeu que uma criança - e chamava ela de ' mamãe'. Ficou um pouco insegura de como proceder, e isso só piorou quando ela começou a chorar. Ai meu deus, e agora? Tentou segurar a menininha, obviamente sem jeito, para tentar acalma - la, mas do jeito que ela berrava não estava fazendo um bom trabalho.

Uma gota escorreu do lado de sua cabeça e seu embaraço estava claro. Procurou por ali, em total desespero, alguém que pudesse lhe ajudar.
avatar
Istyar
Burguês
Burguês

Mensagens : 178
Data de inscrição : 29/11/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum