Keith Adams

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Keith Adams

Mensagem por Istyar em Dom Jul 20, 2014 6:21 pm





Keith Adams

21 anos.
Nacionalidade:Americano.
- Personalidade

Keith é "observador" e obsessivo. Nunca foi habituado a muito contato social - embora considerasse e ainda considere as pessoas fascinantes, e acostumou - se a aprender de longe, como um stalker. Quando têm os olhos em alguém, monitora tudo - desde o que come, com quem conversa, até seu tipo favorito de bebida. Isso [ o fato de esperar antes de chegar no cara ] junto a sua natureza naturalmente reclusa, passa uma imagem de ' não ligo' que engana sua presa até que seja tarde demais pra ela suspeitar. Keith se diverte vendo seus amantes irem atrás de todos os outros figurões da cadeia e pesarem o preço da imunidade, erroneamente acreditando que o seu é o mais baixo. Ele quer que eles venham até ele, chorando e implorando e querendo que cuide deles, assim como seu falecido amado.
Raça: Branco.
- Aparência

Keith têm a pele branca, olhos verdes vívidos e cabelo loiro - pálido, curto. Usa óculos devido a um grau mediano de Miopia ( e um pequeno de astigmatismo), que se manifesta em ambos os olhos. Têm 1,73 de altura, e pesa abaixo do recomendado, mas sua vida sempre foi corrida demais para que pudesse ter tempo de comer direito. Têm um corpo esguio, mas músculos razoavelmente definidos.

- História

Keith nasceu em uma família de classe média - alta norte americana. E, sua vida toda, sempre foi o "esquisito". Essa categoria o acompanhou por muitos e muitos anos, no colégio e na vida em geral. Sendo o filho mais novo, sua diferença e peculiaridade quando comparados ao irmão que jogava futebol na universidade, e sua irmã cheerleader, eram gritantes.
Não tinha muitos amigos, e era do tipo que gostava mais de ler do que de conversar. Entre falar e ouvir, ele sempre preferiria ouvir. E, quando necessário falar, seria sucinto e iria direto ao ponto. Devido a falta de 'normalidade' em seu comportamento e de talentos, quando comparado a seus irmãos brilhantes, cresceu sozinho. Esquecido pelos pais, que somente se dedicavam aqueles que lhe davam orgulho, passava o tempo estudando e lendo, nutrindo rancor pela atenção negada. Jurou a si mesmo que, um dia, seria tão bom quanto eles.
Mas as coisas só pioraram. Ele já não era o filho perfeito, e as coisas desceram o nível quando descobriu que gostava de meninos, e não de meninas, como esperado. Já sendo um fardo pros seus pais, não queria que eles tivessem mais algo para colocar na sua lista de ' porque nosso filho é defeituoso' então se reprimiu e caiu de cabeça nos estudos, tentando esquecer o assunto de sua sexualidade permanentemente. E devido a seus estudos contínuos, conseguiu se tornar cedo um grande enfermeiro e fora convocado para trabalhar num hospital de alta classe.
Enfim com a atenção sempre desejada de sua família, mesmo longe de estar superando sua irmã agora modelo e seu irmão agora jogador profissional, mas pelo menos eles se gabavam da existência dele pros amigos agora - ficou satisfeito. Mas isso durou pouco. Era mais um dia de trabalho quando se encontrou com outro paciente da sua agenda - com o acompanhamento diário que Keith tinha que ter com ele, se tornaram bons amigos.

Mas sua mente reprimida começou a ver sinais de que seu adorado paciente queria algo mais consigo. Durante todos os meses que esteve ali, Keith lhe dava atenção especial, presentes, e estava mais feliz do que nunca. Uma pena que a relação que tinha estava só na sua cabeça - e o descobriu quando a 'namorada' dele veio visitar. Sua mente quebrou naquele dia, e tudo foi demais pra ele aguentar - a pressão, a repressão, a falsidade da sua felicidade. Pegou seu bisturi e matou e desmembrou os dois violentamente ali mesmo, no meio das enfermeiras e dos outros pacientes, chorando e berrando o nome do cara.

Obviamente depois disso foi preso. Mas sua culpa e raiva pelo cara que matou ainda estão vivos na sua mente, mesmo que sua imagem de cidadão perfeito esteja há muito tempo esquecida. Sua família não vêm mais visitar e negam ter outro filho - o deixaram na cela para apodrecer com as memórias de seu amor obsessivo e do crime que cometeu.

Profissão:Enfermeiro.
Classe: A Menina.
avatar
Istyar
Burguês
Burguês

Mensagens : 178
Data de inscrição : 29/11/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Keith Adams

Mensagem por Anne em Dom Jul 20, 2014 10:21 pm




 
Culpado
Condenado a uma pena de 20 anos pelo Juiz do supremo americano, por crime passional

Inventário:

+ Itens consigo
 •
 •

+ Itens escondidos na cela
 •
 •
+ Itens perdidos
 •
 •

Relações:

+ NPC
 •
 •

+ Player
 •
 •
+ Nível de aceitação da cadeia: Neutro
 • Registro de pontos:

avatar
Anne
Camponês
Camponês

Feminino Idade : 20
Mensagens : 117
Data de inscrição : 05/12/2011
Localização : por ai

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum