【00】 Prelude

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

【00】 Prelude

Mensagem por Drako em Sex Jul 11, 2014 3:31 am



Prelúdio

Não era apenas uma manhã como outra qualquer. Sim, os raios de sol perfuravam a cortina de vidro que se erguia na frente do alto homem em seu jaleco branco e aqueciam seus ossos de humano, e o cheiro de café e livros velhos lhe invadiam as narinas, como sempre. Todavia, as preocupações lhe sobrepujavam qualquer ânimo que pudesse ter. Mesmo com seis novos treinadores escolhidos a dedo lhe dando a esperança que precisava, em sua concepção, algo estava fora do lugar. Bem, o que ele poderia fazer? Olhava taciturno pela janela afora, notando algumas aves que voavam desesperadas por algo em meio à toda aquela vastidão. Talvez aquilo não fosse um bom sinal.

A luz ambiente ainda era fraca, mas não lhe atrapalhava em nada. Voltou-se para sua mesa cheia de papéis e os encarou, aflito. Onde é que estava a solução que buscava? Por mais que repassasse suas teorias várias e várias vezes pela cabeça, não conseguia determinar com precisão o resultado. Algo faltava, e ele tinha de saber o que era. Seja lá o que fosse, eles já sabiam. E como uma autoridade neste campo, ele também precisava saber. Não podia deixa-los tomarem a dianteira, era perigoso demais.

Laços... Treinadores... Pokémon... Pedras... A criação...

Foi então que o adulto se espantou com algo tão óbvio. Checou as páginas mais uma vez e confirmou. Sim! Enquanto traçava possíveis rotas de pesquisa, percebeu que o telefone tocava. Sacou o aparelho da base e atendeu. Concordou com qualquer coisa que a assistente do laboratório lhe disse e terminou de rabiscar algum memorando, enfiando-o no bolso da vestimenta. Logo a porta se abriu e ele devolveu o aparelho de volta ao gancho.

- Descobriu algo importante? - Um moço com uma jaqueta de couro lhe perguntou, entrando na sala.

- Sim. Já estou de partida, não posso perder tempo. - Ele respondeu, juntando coisas da estante com roupas aleatórias e enfiando tudo em uma mochila bege, que logo se manchou de café com o esbarro do homem na escrivaninha.

- Mas e os treinadores? - O jovem retrucou.

- Você dá conta. Apenas oriente-os de forma correta, e o resto eles descobrirão sozinhos. Tenho fé.

- E se os dados obtidos estiverem errados?

Ajeitou o jaleco e tratou de colocar a bolsa logo em suas costas, após falhar em remover a mancha com um paninho retirado da gaveta. Tinha pressa. Sabia que o tempo estava correndo, e como este era crucial para seu sucesso. O prelúdio de algo grande já havia começado, aguardando apenas que todos os atores tomassem palco para que o primeiro ato se iniciasse.

- Professor...

O homem de olhos azuis pegou uma pokébola de seu bolso e abriu a janela, deixando o ar frio da manhã entrar naquele cômodo. Apertou o botão central do dispositivo e um raio branco escapou quando este se abriu, e moldou-se no formato de um grande dragão laranja. Seu rugido fez dois macaquinhos roxos caírem de uma árvore, assustados com o barulho repentino.

- Vamos esperar que não estejam, Yata.

Ele saltou a janela e caiu nas costas do monstro, que não hesitou antes de alçar voo.


Por Diego Paranhos.
avatar
Drako
Dark Knight
Dark Knight

Masculino Idade : 23
Mensagens : 317
Data de inscrição : 05/12/2010
Localização : Castle.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum