[X-2] Salão Principal

 :: Tabuleiro :: Biblioteca :: Prólogo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [X-2] Salão Principal

Mensagem por Vice em Sex Ago 01, 2014 4:46 pm

A situação estava ficando cada vez mais estranha. O que devia ser um dia normal para todos acabara se tornando numa sequência imensa de episódios esquisitos que só tratavam de piorar. Isso não deixava de ser, de fato, um incomodo, mas agora não era hora de pensar nisso. Não, muito pelo contrário. Tinham de primeiro entender a situação, acima de tudo.
O monstrinho que não havia se pronunciado, e que permanecia à frente de Youta, estava para falar quando a voz do homem ecoara pelo corredor. Ao se virarem para ele, pararam tudo que estavam fazendo, se mantendo em uma posição de 'sentido'. Os jovens poderiam até estranhar aquilo, mas a situação já estava tão esquisita que não havia tantos protestos. O homem se aproximou, a passos lentos, contudo, largos.
 
Spoiler:


-- Antes de tudo, queria pedir desculpas pela forma brusca que usamos para abordá-los. Contudo, era a única maneira. -- mantendo uma feição indiferente em seu rosto, o homem, que aparentava ter pouco mais de 30 anos, prosseguiu. -- Creio que devo-lhes algumas explicações. Então, por favor, sigam-me.




Sem muitas delongas, os jovens acabaram por o seguir, acompanhados das criaturas que há pouco haviam aparecido. Gaomon se manteu calado, enquanto a ave transparecia o seu desejo de se soltar o mais breve possível, ela se segurava por alguma razão. Talvez fosse por respeito, ou medo, do homem à sua frente. Yoko não pode deixar de notar o quão inquieta a ave estava.
Já o mais alaranjado acabou por quebrar o silêncio enquanto eles andavam, dando leves puxadas na calça de Youta, afim de chamá-lo.


-- Eu... eu sou Coronamon. Não sei se você se lembra de mim... -- ele falava com a voz relativamente baixa, como se estivesse com vergonha. -- Mas estou muito feliz em revê-lo, Youta.


-- Não, ele não lembra de você. -- disse o homem com jaleco. -- Na verdade, nenhum de vocês lembram de algo assim, estou correto?


Sem dar chance de resposta para qualquer um deles, adentrou numa espécie de salão que parecia algo vindo do futuro. Com pouca iluminação ambiente, as luzes mais fortes eram dos painéis 3D e dos gigantes monitores que estavam ligados; além de uma mesa circular ao centro. Eles não deixaram de notar a quantidade de cadeiras vazias em frente aos monitores e painéis. Será que aquele rapaz trabalhava naquilo tudo sozinho? Improvável... Enfim.


-- Então, vou ser breve e explicar tudo o que posso, por enquanto. -- Ele se sentou frente ao maior monitor da sala e cruzou as pernas. -- Vocês estão no que sobrou da Digital Accident Tactics Squad. Vulgo DATS. Um órgão internacional feito para mediar incidentes entre o nosso mundo e o mundo digital. Contudo, a cinco anos atrás, ocorreram falhas e um grande incidente acabou por adiar o que até então julgávamos ser inevitável. Mas, apesar dos nossos esforços, a DATS acabou sendo dissolvida no mundo todo após o incidente de cinco anos atrás, embora tenhamos descoberto algo. 


Ele deu uma breve pausa, tomou um pouco do café que estava na mesa atrás dele e então, prosseguiu.


-- No incidente de cinco anos atrás, uma grande força adormecida vinda do mundo digital ameaçava a existência dos dois mundos. Isso causou uma fenda maior do que a já existente dentre os mundos, e no final, o único jeito de impedir o acontecimento foi sacrificando o local que era a origem da fenda. Muitas pessoas da DATS foram contra isso, inclusive as que trabalham nesse humilde laboratório, mas foi inevitável. -- ele deu uma breve pausa até se tocar que havia deixado pontos importantes em aberto -- Oh, sim. O mundo digital é de onde vem essas criaturinhas, as quais chamamos de Digimons. É um mundo literalmente paralelo ao nosso, que por isso, muitas vezes acabam tendo incidentes entre os mundos. Eles são, bem, digamos, potencialmente perigosos para o nosso mundo, e por isso cabia a DATS mediar essa interação. Enfim, prosseguindo, apenas adiamos o que pensávamos que era inevitável. A fenda está para abrir novamente e temos o prazo de um ano até que possamos acabar com isso. E é aí que vocês entram. Acontece qu-


Antes que ele pudesse continuar, um alarme alto começou a tocar e em todos os monitores apareceu uma imagem vermelha que consistia em um ponto de exclamação dentro de um circulo. O homem acabou por se desesperar, virando para o teclado em cima da mesa do imenso monitor e começou a digitar bem rápido, até aparecer um mapa da cidade apontando para um local em específico: O Porto de Tóquio.


-- Ok, agora realmente não tem como eu terminar de explicar. Está para ocorrer um desastre e vocês são os únicos capazes de impedir. Vão acompanhados desses digimons, eles são seus parceiros e estão ligados a vocês de uma forma que nem imaginam. Mas peço que, por favor, vão! -- Ele finalmente começou a esboçar algum sentimento, e esse era o de desespero. Ele apontou para uma espécie de câmara espelhada que estava mais ao fundo -- O resto eu juro que explicarei depois. Entrem no teleporte e vão para lá, os digimons saberão o que fazer.


As criaturinhas já estavam inquietas agora, todas. Elas sabiam de uma coisa: teriam de lutar. Elas não compreendiam muita coisa, muito menos lembravam de muita coisa. Só sabiam que, naquela tarde de 5 anos atrás, haviam conhecido e protegido aquelas crianças do acidente. Mas, além disso? Não sabiam de mais nada. Contudo, agora era hora de lutar e elas estavam altamente motivadas para tal.


[Controle dos digimons passado para os jogadores.
avatar
Vice
King
King

Masculino Idade : 19
Mensagens : 313
Data de inscrição : 05/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [X-2] Salão Principal

Mensagem por Anne em Sab Ago 09, 2014 6:54 pm





YOKO SMOKING WEED
Olhar para um albino altamente estranho me fazia lembrar de John, meu filhinho estrangeiro que estava sabe-se lá onde. De saco cheio daquilo tudo tentei não prestar atenção no que o homem dizia, era só mera alucinação, não? Então não teria como aquilo ser importante. Enquanto ele nos guiava para a sala dos computadores, fiquei um tempo viajando no local bizarro que fazia aquilo se parecer com algum anime estranho que passava na TV, de todo o discurso só prestei atenção na parte que ele falava da explosão e depois do teleportador, ah sim! E também da voz do tal Coronamon. Espere ai, vocês nos conhecem? Pensei, mas não perguntei, queria sair dali primeiro antes de tentar racioncionar algo, aquele ambiente e o barulho extremamente irritante dos alarmes me dava um mental block. Além da vibe de droga que eu jurava que era verdadeira.
- Vamos Yoko! - Ecoou o pássaro laranja, irritando mais ainda meus sentidos - Só entrar ali e vou te mostrar meu mundo.
- Como é seu nome mesmo? - indaguei, eu estava falando com minha alucinação, mas que droga.
- Hawkmon! - falou em posição de continência.
Ri um pouco do bichinho maluco e o obedeci, entrei no teleporte sem entender muito até onde aquilo me levaria.


avatar
Anne
Camponês
Camponês

Feminino Idade : 20
Mensagens : 117
Data de inscrição : 05/12/2011
Localização : por ai

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [X-2] Salão Principal

Mensagem por Phii em Seg Ago 11, 2014 11:50 pm

O garoto tentava ouvir atentamente a tudo que o homem estranho falava, mas era um tanto complicado de acompanhar o que ele dizia. Primeiro porque estava distraído com a criaturinha que estava do seu lado --que aparentemente o nome delas era "Digimon"- e segundo porque... Bem... Ele tinha um tanto de dificuldade em acompanhar explicações um pouco complicadas. Não que esta fosse muito, mas para a mente de Youta, era um pouco. E em terceiro, mas não menos importante, sua irmã ainda estava presente em suas preocupações. Queria sair logo dali e salvá-la.

- Er... - Pronunciando quietamente, ia cortar o homem (por mais falta de educação fosse) para perguntar se a mensagem sobre sua irmã tinha algo a ver, mas fora interrompido pelo alarme repentino.

Apesar de ter tido dificuldades, achou, no mínimo, interessante o que o homem falou e queria enchê-lo de perguntas... Entretanto, aparentemente, ele e seus novos amigos tinham uma tarefa para fazer. Mais uma... Esperava que sua irmã estivesse bem...

- T-temos que ir, Youta...! - O pequenino e adorável Coronamon disse, pulando como se tentasse chamar atenção do garoto distraído.

- Oh, desculpa desculpa amiguinho!~

Fazendo posição de sentido, como os Digimons fizeram antes, Youta soltou um "Sim, senhor!" e correu em direção ao teleporte, com um sorriso amigável grudado em seu rosto.
avatar
Phii
Camponês
Camponês

Feminino Idade : 21
Mensagens : 52
Data de inscrição : 16/05/2014
Localização : No meu harém de Tomas

http://gardenofmelodies.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [X-2] Salão Principal

Mensagem por Drako em Qua Ago 13, 2014 11:10 am

Fiquei meio alheio à tudo que estava acontecendo, mal conseguia acompanhar o desenvolvimento daquela situação toda. E aquele cachorro-lobo ao meu lado não me ajudava muito nesse quesito; minha atenção estava sendo constantemente roubada pelo monstrinho. Mas, bem, pelo menos eu estava me esforçando. Cocei meus cabelos azuis e olhei pro smartphone que achei mais cedo. Era certo que Gaomon estava ligado àquele aparelho, e minha curiosidade não iria deixar passar esse fato. Mordi o lábio inferior, a ânsia por abrir e investigar aquele aparelho era grande demais.

De qualquer forma, o adulto havia se disposto a explicar o que estava acontecendo. Parecia uma cena de mangá ou qualquer coisa assim. Se era pra me deixar hypado, conseguiram fazê-lo sem muito esforço. Enquanto caminhávamos em destino ao desconhecido o monstro akita não dirigiu-me a palavra sequer uma vez. Bem, a educação desse bicho era realmente surpreendente, então merecia ser congratulado por isso. Mas... De onde ele me conhece? Porque esse cachorro me é tão familiar...?

Cruzamos uma porta e entramos num salão. Caralho, nesse momento, senti como se meu coração tivesse falhado - no mínimo - umas três vezes; o potencial tecnológico daquele ambiente era ENORME. O que pude fazer foi apenas deixar o queixo cair, e me deslumbrar com tudo isso. Busquei reconhecer como Gaomon se apropriou da cena, e ele apenas manteve-se estático, olhando para mim com uma cara de interrogação. Sorri sem jeito e voltei minha atenção pro moço de cabelos bracos. Parece que uma introdução muito cabulosa ia começar. Me sentia como uma pessoa que acabara de encontrar seu primeiro amor. Que isso.

DATS? Que isso assim? É uma organização virtual? Porque porra, mundo digital. Será que era um vírus né... Incidente de cinco anos atrás... Será que tem algo haver com aquele atentado? SERÁ QUE HACKEARAM O PENTÁGONO E DISPARARAM UNS MÍSSEIS E SEI LÁ UNS ETS APARECERAM E- Hey, sei que sou burro, mas porque adiar uma parada? Se a gente pode fazer ela agora, porque adiar por cinco anos? Caralho. Continuei absorvendo as informações que o homem ia cuspindo, e peguei apenas o essencial mesmo. O que tomava espaço na minha mente agora era apenas ir pro mundo digital e conhecer outros digimons!

[Shio] - Eita!

Exclamei assim que o alarme disparou de supetão. Um susto bastante aterrorizador, gotículas de suor frio e arrepio suspeito. Sacudi a cabeça e bati em minhas bochechas, tentando manter o foco. Escutei as palavras do homem, e sim - fiquei MUITO empolgado. Um sorriso de excitação já era mais que evidente em minha cara, e eu não estava pensando em outra possibilidade a não ser na de sair dali logo e ir ver o que estava acontecendo.

Mudei minha atenção pro digimon azul.

[Shio] - Ei cara, tem algum nome pelo qual eu possa te chamar?

Gaomon parou por instantes, e nada de resposta. Será que sempre o trataram como Gaomon? Ou será que esse é o seu nome mesmo? Aguardei a resposta, e, pelo jeito, nada.

[Gaomon] - Não, Okudera-dono.

[Shio] - Bem, primeiro vamo parar com isso. Só me chamar de Shio já tá ótimo. Posso te chamar de Koukin?

[Gaomon] - ...é um bom nome.

O lobo boxeador exibiu um sorriso discreto.

[Shio] - Beleza parceiro, vamo lá!

[Koukin] - Sim, Shio-dono!

Olhei sério para o digimon, mas deixei passar. Pelo menos parar com o "Okudera' já era um começo. Disparamos sem pensar duas vezes para a câmara de teleporte.
avatar
Drako
Dark Knight
Dark Knight

Masculino Idade : 23
Mensagens : 317
Data de inscrição : 05/12/2010
Localização : Castle.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [X-2] Salão Principal

Mensagem por Vice em Qua Ago 13, 2014 8:19 pm

Ele logo tratou de ativar o portal, digitando vários códigos diante o monitor. Os jovens e seus monstrinhos, em pouco tempo, se viram cobertos por uma luz intensa, e sentiram como se cada parte de seu corpo estivesse se desintegrando. A sensação era muito ruim, na verdade. Os digimons aguentaram aquilo como se fosse qualquer coisa, mas os jovens...
...
E para a decepção deles, talvez, não haviam nem chegado perto do tal mundo digital. Quando a sensação passou, eles logo notaram que estavam no Porto de Tóquio.


[Continua] 
avatar
Vice
King
King

Masculino Idade : 19
Mensagens : 313
Data de inscrição : 05/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [X-2] Salão Principal

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 :: Tabuleiro :: Biblioteca :: Prólogo

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum